Você está aqui:
A tecnologia que engaja o público da 16ª ExpoEpi

A tecnologia que engaja o público da 16ª ExpoEpi

A Mostra traz stands totalmente tecnológicos e interativos para colocar o público mais próximo do conhecimento

Presente na vida de qualquer pessoa e facilitando cada vez mais o dia a dia, a tecnologia também veio facilitar e aumentar o conhecimento do público da Expoepi. E essa é a novidade da 16ª edição da Mostra que traz stands totalmente tecnológicos e interativos para colocar o público mais próximo do conhecimento e, claro, trazer novidades do campo da saúde para quem passa por aqui.

Além de proporcionar uma ótima experiente ao participante, a tecnologia vem se tornando aliada na ações do dia a dia, trazendo inovação e melhores resultados aos serviços.  Quem passou pelo espaço Arena e pela Sessão de Pôsteres ficou entusiasmado com a ideia da tecnologia ser aliada da saúde, especialmente no que foi exposto durante a Expoepi.

Arena Tecnológica

A principal exposição, conseguiu transformar toda a informação técnica do campo da saúde em painéis e totens interativos com uma linguagem fluída e atraente ao público. A exposição traz toda a história e trajetória da Vigilância em Saúde, das campanhas feitas para a população e, claro, os profissionais do campo que fazem a vigilância acontecer.

Apesar de tecnológica, a exposição humanizou a saúde e mostrou que é feita por pessoas e para pessoas. Exemplo disso também são os totens com vídeos de atores explicando cada um dos assuntos propostos, a ideia por trás disso foi de trazer justamente uma aproximação e humanização sobre o assunto.

Além disso, a exposição também conecta o público através de jogos interativos que o participante realiza pelo próprio celular.

 

 

 

 

 

Ao lado da Exposição tem o stand do VigiArbo, um projeto de inovação no desenvolvimento de pesquisas em vigilância para arboviroses. O stand traz diversas pesquisas, como a Wolbachia, Arboalvo, o inseto irradiado, a estação disseminadora e o SISS-GEO. No stand é possível conhecer todas essas tecnologias e em como elas estão sendo aplicadas para inovar a área de vigilância no Brasil.

Nos stands do Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) os totens e painéis interativos são a atração, porque fazem uma imersão com o participante sobre os assuntos relacionados de cada um através de jogos e quiz. A OPAS ainda traz um mapa interativo sobre a saúde emergencial nas Américas, mostrando onde estão os surtos de doenças e os principais desastres.

A Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), trouxe a Feira de Soluções para a Saúde com muitas apresentações de inovações feitas dentro da Fundação ao longo desse ano. Pela Feira também é possível encontrar painéis com vídeos e imagens de cada um dos projetos.

Além disso, o Ministério da Saúde criou um stand dos aplicativos móveis da Vigilância Digital, para trazer soluções que transformam a vida não só dos cidadãos, mas também dos profissionais da saúde. A maior novidade é o aplicativo do Sistema Único de Saúde (SUS), onde o cidadão e os profissionais da saúde terão à mão as principais informações para melhor atendimento.

 

Sessão Pôsteres Digitais

Os pôsteres dos inscritos deste ano também estavam em outro formato: o digital. Em toda a Sessão de Pôsteres estão espalhados totens com o material totalmente digitalizado, o que foi uma surpresa para os que passaram por lá. “Cheguei aqui e fiquei procurando o trabalho deles quando me deparei que estavam todos nesses totens. Ficou muito bacana e até melhor”, afirmou a participante Amanda Oliveira, do Goiás.